Seguidores

domingo, 11 de novembro de 2012

ALIMENTE TEU ESPÍRITO

CULTIVE O SEU INTERIOR


Faça como os passarinhos: 
comece o dia cantando.
 A música é alimento para o espírito.
 Cante qualquer coisa, cante desafinado, 
mas cante!
 Cantar dilata os pulmões e abre a alma 
para tudo de bom que a vida tem a oferecer.
 Se insistir em não cantar, ao menos ouça
 muita música e deixe-se absorver por ela.

Ria da vida, ria dos problemas,
 ria de você mesmo.
 A gente começa a ser feliz quando é capaz 
de rir da gente mesmo.
 Ria das coisas boas que lhe acontecem, 
ria das besteiras que você já fez.
 Ria abertamente para que todos possam
 se contagiar com a sua alegria. 

Não se deixe abater pelos problemas.
 Se você procurar se convencer de que
 está bem, vai acabar acreditando que
 realmente está e quando menos perceber 
vai se sentir realmente bem. 
O bom humor, assim como o mau humor, 
é contagiante. 
Qual deles você escolhe? 
Se você estiver bem-humorado,
 as pessoas ao seu redor também ficarão
 e isso lhe dará mais força. 

Leia coisas positivas.
 Leia bons livros, leia poesia, porque a 
poesia é a arte de aceitar a alma.
 Leia romances, leia a Bíblia, estórias
 de amor, ou qualquer coisa que faça
 reavivar seus sentimentos mais íntimos, 
mais puros. 

Pratique algum esporte. 
O peso da cabeça é muito grande e tem de ser contrabalançado com alguma coisa! 
Você certamente vai se sentir bem disposto,
 mais animado, mais jovem. 
Encare suas obrigações com satisfação. 
É maravilhoso quando se gosta do 
que faz, ponha amor em tudo que está 
ao seu alcance. 

Desde que você se proponha a fazer
 alguma coisa, mergulhe de cabeça! 
Não viva emoções mornas, próprias 
de pessoas mornas. 
Você pode até sair arranhado, mas verá que 
valeu muito mais a pena. 
Não deixe escapar as oportunidades 
que a vida lhe oferece, elas não voltam!
 Não é você quem está passando, 
são as oportunidades que você deixar
 de usufruir. 

Nenhuma barreira é intransponível 
se você estiver disposto a lutar contra ela;
 se seus propósitos forem positivos, 
nada poderá detê-los.
 Não deixe que seus problemas se acumulem, 
resolva-os logo. 
Fale, converse, explique, discuta, 
brigue: o que mata é o silêncio, o rancor.

 Exteriorize tudo, deixe que as pessoas
 saibam que você as estima, as ama, precisa delas, principalmente em família. 
AMAR NÃO É VERGONHA, 
pelo contrário, É LINDO! 
Volte-se para as coisas puras, 
dedique-se à natureza. 
Cultive o seu interior e ele extravasará beleza
 por todos os poros. 
Não tente, faça. Você pode! 
Todos Podemos. 
Então... Vamos Lá!! Tenha um Lindo Dia!


Um comentário:

Pedro Luis López Pérez disse...

Seamos como ese Pajarillo, que alegre canta por las mañanas, sin tener en cuenta las adversidades con las que se va encontrar a lo largo del día.
Precioso Poema.
Un abrazo.